• Nelson Moleiro

Tazem Tinto Reserva 2011


Tazem Tinto Reserva 2011

Pois é, surpresa! Esta semana não temos um, mas sim dois xiripitis eleitos para este espaço. Isto tudo porque não podia ficar indiferente a esta pomada, e sendo assim quebrámos a regra.

Não é novidade nenhuma para quem nos acompanha a minha crescente predilecção para alguns vinhos do Dão. É fácil explicar e irei fazê-lo com curtas palavras, sabem-me a vinho! Neste caso particular descobrimos um vinho que nada nos dizia de nome, Tazem, pertencente à Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem, com vinhas situadas na sub-região da Beira Alta, entre os 400 e 700 metros de altura. Não me façam grandes perguntas às quais não saberei certamente responder, mas este micro-clima regional produz vinhos tintos que gosto particularmente, onde a mescla entre as castas regionais e nacionais usadas na sua elaboração permitem obter vinhos distintos e de eleição. No caso particular, este Tazem Reserva 2011 veio confirmar uma vez mais o que tenho vindo a observar progressivamente, vinhos do caraças!

Um vinho muito macio, elegante, sem descurar todo o aspecto tânico rústico a que um vinho deve obrigatoriamente obedecer, pelo menos vejo assim. Felizmente temos vinhos que ainda nos remetem à origem essencial da bebida, ser vinho. Neste lote temos Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro, e sendo esta a colheita de 2011, anseio por provar outras mais. Um vinho com excelente aroma a frutos negros, e que na boca revela toda a sua intensidade, com bom volume e acidez, bastante equilibrado e macio. Excelente conjunto e bem harmonioso, num vinho que não me cansei de beber! A a foto seguinte ilustra bem. Um vinho merece a nossa distinção e prémio quando viramos a garrafa e já não bota mais. Este foi um deles.

Tazem Tinto Reserva 2011

Tazem Tinto Reserva 2011

Tazem Tinto Reserva 2011

Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro

Teor Alcoólico: 13% Vol.

PVP: +/- 11€

#Dão #CooperativadeVilaNovadeTazem #Tazem

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo