• Nelson Moleiro

Vidonia Branco 2015


Seguindo um assunto muito badalado da trupe aqui próxima ao marmanjo, surge a temática dos vinhos brancos nacionais e o seu posicionamento em relação a bons e grandes vinhos brancos estrangeiros de regiões de renome. Sendo o mias objectivo e directo possível, aqui vai a bomba! Quando provamos certas pérolas lá de fora batemos de queixos.

Sendo assim, hoje falo de um enorme vinho, mas não de alguma região vinícola mundial famosa. Canárias. Já ouviram falar dos vinhos destas ilhas espanholas? Ah pois é! Ali estão a começar a surgir verdadeiros diamantes vínicos, onde a autenticidade e distinção reinam, nervo e austeridade aliados a uma frescura e complexidade invejáveis. Por intermédio de um amigo com “costela” espanhola cheguei a este produtor, Suertes del Marqués, região Valle de la Orotava, Tenerife. Estou a começar da melhor forma esta minha recente tour pelos vinhos de nuestros hermanos, este Vidonia Branco 2015 é um dos vinhos que mais prazer me deu beber em 2018, tanto pela sua singularidade, como pela tamanha qualidade apresentada. Elaborado a partir de uma casta única que nunca tinha ouvido falar, Listán Blanco, temos uvas de vinhas centenárias plantadas em solos pobres de origem vulcânica e de baixíssimo rendimento.

Vidonia Branco 2015

O nariz é cativante, algo enigmático e misterioso, que poderei considerar complexo, com notas especiadas e algum chá, algum aroma a cinza e pólvora, mas tudo contido e bastante sério, mantendo-se linear em toda a prova. Em boca, o terroir vulcânico eleva este vinho a outra dimensão, excelente acidez e preenchimento em boca, com um carácter salino e mineral simplesmente deliciosos. Maravilhas do Atlântico e da pedra vulcânica a oferecerem complexidade e profundidade a este vinho, onde a frescura é sempre, mas sempre, um denominador comum em prova. Mesmo voltando a prová-lo no dia seguinte, está tudo lá, nada decadente. De referir que, no que toca à vinificação do Vidonia, procede-se à fermentação espontânea em barricas de carvalho francês de 500 litros, com posterior estágio de 12 meses nas mesmas. Este não é para comprar, é para mim seus lambões!

Castas: Listán Blanco Região: Ilhas Canárias, Tenerife Teor Alcoólico: 13,5% Vol PVP: +/- 23€

#Canárias #Tenerife #SuertesdelMarqués #Espanha #vinhobranco

© 2016-2020 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle