• Nelson Moleiro

Sciala Vermentino di Gallura Superiore 2016 - Massa de frango e espinafres na frigideira com limão e


As segundas-feiras não têm que ser necessariamente aborrecidas e difíceis. E sei do que falo, para alguém que trabalhou o fim-de-semana inteiro, em dia de folga, sabe bem sair da rotina, sempre física e psicologicamente desgastantes. Assim, sacudindo a remela dos olhos, decidi ir à garrafeira sacar um qualquer vinho para o almoço. Foi então que olhei para este Sciala, um vinho que trouxe em 2017 das minhas férias na Sardenha (ver aqui) e que foi adquirido no produtor, Vigne Surrau, aquando de uma visita à Adega. Trata-se de um Vermentino di Gallura DOCG, provavelmente a zona de onde são provenientes os melhores Vermentinos da ilha, bem lá em cima no Norte. Acabam por ser, no âmbito destes vinhos monocasta, exemplares mais distintos e elegantes, que conseguem expressar uma salinidade e acidez por vezes interessantes. Como são vinhos ainda pouco conhecidos conseguem-se bons preços, tanto junto dos produtores como em garrafeiras.

Decidida a escolha deste vinho, há que tratar da refeição. Massas italianas é o que me vem à cabeça no imediato, mas pretendo algo simples, rápido, saudável, contudo saboroso. Iphone na mão, uma pesquisa na App da Yummly e lá encontro algo que se enquadra no que pretendo, e sobretudo que harmonize bem com o vinho. Deixo o link a quem estiver interessado (EatingWell - Chicken & Spinach Skillet Pasta with Lemon & Parmesan). À receita acrescentei nozes e sementes no final aquando do empratamento.

Sciala Vermentino di Gallura DOCG Superiore 2016

Antes de tudo, enquadrando a prova, estamos na presença de um terroir em pleno mar mediterrânico, um clima quente e seco, com ventos marítimos e amplitude térmica elevada, com noites frias e dias quentes.

Este Sciala possui um ADN claramente frutado, aromas vivos mas elegantes de frutas e flores brancas, pêra, maçã verde, alguns citrinos e toranja. Em boca revelou corpo médio, mas com prova bastante complexa, notável prolongamento em boca, com um toque amargo, também uma ligeira cremosidade crocante a transmitir um ligeiro carácter vegetal e salino que limpa o palato. Um bom equilíbrio entre fruta, estrutura e álcool.

Eu não sou nenhum expert na cozinha e safei-me, por isso por vezes basta tentar sair da zona de conforto. Cheers!

Castas: Vermentino

Região: Sardenha, Itália

Teor Alcoólico: 14% Vol

PVP: +/ 17€

#vinhobranco #Sardenha #Vermentino #Massa

© 2016-2020 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle