• Nelson Moleiro

Albamar Pepe Luis 2018


Albamar Pepe Luis 2018
Albamar Pepe Luis 2018

As Bodegas Albamar, pelas mãos e direcção de Xurxo Alba é hoje dos meus produtores fetiche nas Rías Baixas. De origens modestas e humildes, conseguiu elevar ao patamar de excelência as vinhas e vinhos familiares que seu pai vendia a granel, criou a marca Albamar e tornou-se dos produtores sensação na Galiza, no Vale do Salnés. Este vinho, Albamar Pepe Luis, é uma homenagem ao seu irmão, falecido na flor da idade.


Albamar Pepe Luis 2018. O nariz revela notas de um Albariño com maturidade e integração de estágio, adulto, algum balsâmico, com uma presença muito secundária da barrica, não se impõe. A boca já vai buscar nervo, é vigorosa, salina, com volume e equilíbrio. A fermentação iniciada em inox e finalizada em tonéis usados de terceiro ano, onde posteriormente estagiou quase um ano, deu-lhe mais volume e redondeza com alguma integração da acidez, mas mantendo a frescura, fluidez e profundidade, tornando-o muito mais consensual a muitos provadores, Está um Albariño de elevação, sem pontas soltas. Não é o meu eleito de Xurxo Alba, gosto deles mais nervosos e extremados, mas consegue mostrar a abordagem multidimensional da casta que bem domina, oferecendo diferentes perfis sem sacrificar a expressão genuína do terroir e da casta. São vinhas atlânticas, um vinho atlântico, riqueza ibérica.


Xurxo Alba não sabe fazer mau vinho.


Castas: Albariño


Região: Rías Baixas


Teor Alcoólico: 13% Vol


PVP: +/- 22€


Albamar Pepe Luis 2018

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo