• Nelson Moleiro

Detrás da Casa Larga Tinto 2017


Detrás da Casa Larga Tinto 2017

Lá nos fundos da casa, detrás da Casa Larga. Lembra-nos o quintal de nossos antepassados com as suas vinhas familiares, plantadas pelas nossas raízes, os nossos antepassados, a herança humana e cultural, e de onde obtemos vinhos rústicos, únicos, genuínos, sem maquilhagem.

Os Destinos Cruzados é um projecto muito recente nas Rías Baixas, com cerca de 5 anos, surgiu da parceira de Marcial Dorado e Óscar Cidanes Domínguez, bem perto da fronteira com Portugal. Pretendem produzir vinhos que reflictam o terroir local, vinhos que lhe dão gozo beber. Depois de já ter bebido os vinhos com que iniciaram o caminho dos Destinos Cruzados, A Pousada e As Regadas, foi a altura de provar o vinho mais recente, um tinto, Detrás da Casa Larga 2017. São estilos de vinhos que procuro avidamente, são vinhos que me dão enorme gozo e prazer de beber.

O Detrás da Casa Larga 2017 é um vinho muito vivo e fresco no aroma, ligeiras notas de especiarias e fruta vermelha fresca sem proeminências exacerbadas frutadas. Na boca é muito elegante e harmonioso com um fundo mineral e acidez que o tornam delicioso e tão fácil de beber, amplo em boca, algum frescor com sensação de bosque, longo e salivante. Transmite o espírito galego de frescura dos seus vinhos, e o meu gosto actual num vinho para o dia-à-dia.


O lote é composto por 55% de uva Mencía, 35% Brancellao e 10% Espadeiro. Pisa a pé, em que cerca de 40% das uvas foram desengaçadas e as restantes 60% usadas com cacho inteiro, maceração de 7 dias em lagar e posterior fermentação em depósitos de inox. 20% do lote final permaneceu em depósito enquanto os outros 80% realizaram fermentação em barricas usadas de 225, 400 e 500 litros, com subsequente estágio de 12 meses nas mesmas.


Castas: Mencía, Brancellao e Espadeiro

Região: Rías Baixas, Galiza


Teor Alcoólico: 12% Vol


Preço: +/- 15€





© 2016-2020 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle