• Nelson Moleiro

Forjas del Salnés Leirana Finca Genoveva 2017


Forjas del Salnés Leirana Finca Genoveva 2017
Forjas del Salnés Leirana Finca Genoveva 2017

A história das pontuações dos vinhos, no caso concreto em Espanha o efeito Parker na Galiza trazido por Luís Gutiérrez, é coisa que dá sempre que falar. Na prática, nos dias que correm no seio da enofilia mais informada, a escala de pontuação é uma grande treta, sem utilidade. Abri estes dias este Leirana Finca Genoveva 2017, e é um exemplo da falta de consistência e subjectividade da pontuação, esta colheita de 2017 está anos-luz acima da 2018, apesar deste vinho parcelar ter indo sucessivamente obtendo pontuações mais altas, criando o efeito dominó subsequente no preço praticado. O 2018, sempre foi um vinho mais redondo em novo, com fruta mais madura e volume de boca, está agora numa fase estranha, com um floral por vezes a transmitir uma sensação algo enjoativa. Melhora muito e gosto efectivamente de o beber após alguma oxigenação, prefiro até no dia seguinte, mas sejamos francos, não deveria ser assim. Comprar uma palete de 2018 com expectativa, e tendo por base a maravilha que é este 2017, exige uma consistência e fiabilidade de produto. Serão sempre bons e grandes vinhos, mas…precisa-se maior fiabilidade na Champions League.


O Leirana Finca Genoveva 2017 revela uma frescura imponente, mantém nervo com núcleo cítrico, fundo mineral e bom volume e complexidade de boca, tudo em plena harmonia. Vinho completo e de elevação, cheio de raça e carisma, um vinho sério. Este é para mim o Leirana Finca Genoveva que procuro.


Deixo o link (aqui) para o texto que escrevi sobre o Leirana Finca Genoveva 2018 em 2020 no início da pandemia, pouco tempo após ter saído no mercado.


Castas: Albarino


Região: Rías Baixas


Teor Alcoólico: 13% Vol


PVP: +/- 28€


Forjas del Salnés Leirana Finca Genoveva 2017

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo