• Nelson Moleiro

Real Companhia Velha Séries Gouveio Branco 2016

Atualizado: Mar 9


Real Companhia Velha Séries Gouveio Branco 2016

Nota introdutiva em forma de prefácio, não conheço pouco nem muito os vinhos tranquilos da Real Companhia Velha, nunca foi maré nem praia que molhei pé nem pisei areia. Deus com o seu bisturi imaginou e disse: “Concedo-te este fígado, usai-o conscientemente sem virar isca”. E já dizia um conterrâneo meu, “de maneira que é assim, às páginas tantas”.


Real Companhia Velha Séries Gouveio Branco 2016, aromaticamente discreto com algumas notas florais, flores brancas, fruta branca de caroço mas delicada, sem exacerbações de maturação, limpo. Em boca sente-se cremosidade, boa mineralidade e acidez fofinha e presente, elegância e discrição, baixíssima percepção alcoólica em boca, raro pelo Douro, com barrica em plano muito secundário. Tem alguma largura de boca, seco no final, precisa a meu ver de um final mais acutilante, salino, que o torne um pouco mais vibrante e salivante, mas não há milagres. De qualquer forma, apostas em diferenciação e experiências que aplaudo na região no que toca a vinhos tranquilos de mesa, algo que o Douro, quer se queira ou não, terá que adoptar obrigatoriamente num futuro próximo. O ritual de abrir uma garrafa de Porto à ceia, com a família, já não é programa que entusiasme nesta geração de youtubers, tiktokers e instagramers, para além que poucos jovens se sentem cativados a comprar um vinho do Porto que este apto a beber daqui a 30-50 anos.


P. S: Quanto à casta Gouveio, comparativamente ao Godello espanhol da Galiza e Bierzo, pelo que a minha experiência de prova me permite opinar, tem algumas semelhanças, mas estamos perante coisas algo distintas, quer seja pela casta ou pelo terroir.


Castas: Gouveio


Região: Douro


Teor Alcoólico: 12% Vol


PVP: +/- 17€





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2016-2021 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle