Calor??? Porto Branco Tónico! - Pacheca again!

26.07.2016

 

Para concluir a minha aventura pelos vinhos da Quinta da Pacheca, quis trazer um vinho, que não fosse simplesmente mais um vinho. Amante de gin tónico, não hesitei em trazer na bagagem um Porto Branco, o Pacheca Port White, de forma a explorar os sabores de um bom Porto Tónico.

Porto branco com tónica, é uma bebida ainda não muito comum em Portugal, mas bastante apreciada além fronteiras. Contudo, com o crescimento do consumo do gin tónico dentro de portas, abriu-se uma nova perspectiva e mercado para o vinho do Porto. O vinho do Porto branco, frutado e de corpo leve, casa muito bem com a amargura da tónica, criando uma bebida agradável, descontraída e charmosa. O ideal será talvez 1/3 de Porto para 2/3 de tónica, ou até mesmo um pouco mais de Porto, já que não queremos demasiada tónica a sobrepor-se aos sabores suaves do vinho. A escolha da tónica é uma questão de preferência pessoal, desde a conhecida Schweppes, Nordic, 1724, Fever Tree, etc. Eu usei Fever Tree Indian tonic, que habitualmente tenho lá por casa. É uma bebida cheia de estilo, ou com swag, na linguagem desta geração Pókemon.

 

O Porto Branco, é usado há décadas como aperitivo! Sofisticado, perfeito para abrir uma refeição relaxada, serve-se fresco num copo largo de Porto.

Para acompanhar as tendências dos consumidores modernos, o Porto Branco alia-se ao público jovem para criar uma bebida de verão, original e refrescante, o Porto Tónico. Sugiro servir em copo de vinho alto, mais elegante que um copo de gin, e na harmonização, seguir o gosto individual. Um ramo de hortelã, uma rodela de limão, toranja, etc.

 

Ingredientes do Porto Tónico Branco Táscuela

 

5-6 pedras grandes de gelo

1 + 1/2 medida de vinho do Porto Branco Pacheca

2 medidas de água tónica Fever Tree Indian

2 cerejas cortadas ao meio (amoras também ficam bem)

1/2 rodela de toranja (usei laranja que não tinha toranja, mas esta fica melhor que é mais ácida)

1/2 rodela de limão (usei para compensar a não utilização da toranja)

 

A preparação é básica. Botar gelo lá para dentro, e com a colher gelar bem o copo, retirando a água que se formou entretanto. Introduzir o Vinho do Porto, laranja, limão e cerejas. Mexer ligeiramente, e deitar a tónica pela colher de forma a preservar o gás. Mais uns twists com a colher e bota abaixo! Estás pronto para o verão!

 

Pacheca Port White

 

Origem: Portugal, Douro

As uvas de Malvásia Fina, Códega, Gouveio e Viozinho são vindimadas para caixas de 25Kgs e transportadas para a adega onde sofrem uma fermentação com uma maceração pelicular parcial, para que haja extracção de alguma matéria corante, corpo e aroma. De seguida, o mosto é prensado e a fermentação segue o esquema de vinificação em branco até à fortificação

Álcool: 19,5% vol

 www.quintadapacheca.com

 

Please reload

DICAS DE VINHOS BOA COMPRA!

#1 

Muxagat Os Xistos Altos Rabigato 2014

Douro (Branco)

 

#2

Primus 2015

Dão (Branco)

 

#3

Quinta da Pellada Estágio Prolongado 2011

Dão (Tinto)

#4

Dão A Centenária 2015

Dão (Tinto)

#5

Luís Pato Vinhas Velhas 2017

Beira Atlântico (Branco)

#6

Em Cru 2017

Dão (Branco)

#7

António Madeira Colheita 2016

Dão (Tinto)

#8

Argau Cuvée Bruto

Beira Atlântico (Espumante)

#9

Quinta da Serradinha Encruzado e Arinto 2016

Encostas d'Aire / Lisboa (Branco)

#10

Conciso 2014

Dão (Branco)

Actualizado em Junho de 2019

ARTIGOS RECENTES

Também vais gostar

04.11.2019

31.10.2019

Please reload

Please reload

© 2016-2019 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle