Blois e o Vale do Loire, terroir de brancos!

30.05.2017

 

O início de Maio foi tempo de férias aqui para o staff do jornaleco. Contudo, no que toca à pinga, férias são sinónimo de descobrir muito mais sobre vinhos. O destino desta vez levou-nos a França, à belíssima cidade de Blois, com uma curta incursão por Paris, essa mesmo, a Paris de França! Blois está inserida no Vale do Loire no que toca a geografia vinícola, região conhecida principalmente pelos seus vinhos brancos, onde a Chenin Blanc era a referência que levava na bagagem, mas na realidade a oferta não se esgota nesta uva branca. E o que sei de vinhos franceses? Nada de nada, um autêntico maçarico e principiante, daí que esta viagem foi fundamentalmente para desfrutar a companhia de amigos, conhecer locais encantadores e provar, digamos beber (provar uma gaita), alguns vinhos locais, uns sugeridos, outros verdadeiros tiros no escuro em prateleiras de supermercados e garrafeiras.

 

 

 

A maioria dos vinhos provados foram da região  local do Loire Central, os vinhos tintos muito na base de Cabernet Franc e Gamay, com muito menos corpo e intensidade relativo ao que estamos habituados em Portugal! Nos brancos e espumantes, os Avecs da região marcam muitos pontos, com excelentes vinhos com intervenção enológica mínima dando largas à expressão do terroir! E não é assim que devia ser? A baixa temperatura na região permite uvas a transmitir mais delicadeza no aroma, acidez estonteante e menos álcool. O Chenin Blanc é a bandeira desta região central, e ao contrário do que já tinha falado noutro artigo, temos belos e maravilhosos vinhos brancos em todos os registos, espumantes, vinhos secos e vinhos doces!

 

O sistema de classificação geográfica dos vinhos é um bocado complexa, dividindo-se em regiões e sub-regiões, as appelations, e para não me perder foquei-me nas regiões locais de Vouvray e em algumas sub-regiões, Cheverny, Côur-Cheverny, Touraine e Montlouis-sur-Loire. Foi nesta última que tive a melhor experiência com um vinho branco, Domaine de La Taille Aux Loups 2015 Montlouis Sur Loire Remus, de Jacky Blot! Uma dica e recomendação que levava do João Craveiro Lopes, e que de facto é um vinho divinal, da casta Chenin Blanc, bem aberto no nariz com componente aromática floral, mas que encanta sobretudo pela sua mineralidade e acidez a transmitirem profundidade no palato! O único problema destes vinhos é que esgotam num ápice, e foi uma aventura conseguir encontrá-lo, na sua versão de 2015.

 

 

 

 

Não vou espetar uma enorme seca a falar de todos os vinhos e experiências que tive, apenas mencionar que visitar locais históricos ao redor do Loire e beber vinhos desta região vinícola é uma experiência fabulosa e enriquecedora para quem aprecia e quer conhecer mais de vinhos. Um aspecto muito positivo que destaco, e que talvez fosse uma sugestão para implementar em Portugal, é que na visita a qualquer Château, existe sempre uma enoteca com provas e vendas de vinhos regionais (Maison des Vins). Por uns simbólicos 4€ podemos provar uma mão cheia de vinhos, fomentando assim o turismo e a divulgação dos vinhos da região. O vinho é cultura, e aplaudo estas iniciativas.

 

Château de Chambord, Château de Cheverny e La Maison des Vins

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixo-vos com castelos, cultura, amigos, vinhos com amigos, queijos, pastelaria francesa e uma visita à Cave dos Produtores de Montlouis, o equivalente às nossas Cooperativas. E como já é sabido os melhores vinhos são aqueles que se bebem entre amigos! Até breve Blois, Manuela e Canito, lá terei que vos chatear novamente! Um muito obrigado.

 

 

 

 

Please reload

DICAS DE VINHOS BOA COMPRA!

#1 

Muxagat Os Xistos Altos Rabigato 2014

Douro (Branco)

 

#2

Primus 2015

Dão (Branco)

 

#3

Quinta da Pellada Estágio Prolongado 2011

Dão (Tinto)

#4

Dão A Centenária 2015

Dão (Tinto)

#5

Luís Pato Vinhas Velhas 2017

Beira Atlântico (Branco)

#6

Em Cru 2017

Dão (Branco)

#7

António Madeira Colheita 2016

Dão (Tinto)

#8

Argau Cuvée Bruto

Beira Atlântico (Espumante)

#9

Quinta da Serradinha Encruzado e Arinto 2016

Encostas d'Aire / Lisboa (Branco)

#10

Conciso 2014

Dão (Branco)

Actualizado em Junho de 2019

ARTIGOS RECENTES

Também vais gostar

04.11.2019

31.10.2019

Please reload

Please reload

© 2016-2019 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle