La Bruja de Rozas 2016

29.04.2019

 

Quem como eu tem procurado por abordagens diferentes no país vizinho, procurando projectos vínicos com identidade forte e respeito pela herança, certamente já ouviu falar de Comando G Viticultores. É um produtor muito recente, só surgiu em 2008, uma união de forças e filosofias idênticas de dois homens, Dani Landi e Fernando García. O nome da empresa, Comando G, foram buscá-lo a uma série de desenhos animados muito famosa em Espanha nos anos 80.

 

Obviamente os espécimes que nasceram e cresceram na sua infância na década de 80 são uns predestinados a grandes feitos. Hoje, estes dois amigos e enólogos, fazem dos vinhos mais entusiasmantes de Espanha, em plena Serra de Gredos, situada a menos de 100 km de Madrid, onde conseguiram recuperar e respeitar vinhas centenárias de altitude e de acessibilidade reduzida, completamente envolvidas em pedra e enraizadas em solos graníticos. São fortes impulsionadores da região, onde são porta-bandeira dos "Garnacha de Gredos", e a sua visão cola-se à escola borgonhesa, com vinhos regionais, de parcelas, e os ditos crus. A sua ideia enológica de vinificação é a que procuro, mínima intervenção, com extracções muito suaves onde se tenta retirar o máximo partido da maturação lenta da uva após o seu ciclo vegetativo.

 

Este La Bruja de Rozas é o gama de entrada de garnacha do produtor, e uma boa forma de aferir a qualidade patente nestes vinhos e projecto. Consiste num blend de várias vinhas em Puerto Real, sendo classificado como um Vino de Pueblo, o que os franceses gostam de apelidar de Vin de France, para fazer uma analogia grosseira.

 

 

Comando G - La Bruja de Rozas 2016

 

Ataque forte de fruta vermelha fresca, com todo o cesto de fruto vermelho maduro da época que possam imaginar! Cor ténue e translúcida, na boca tem volume e bom preenchimento, com tanino macio, boa acidez e frescura, algum álcool que pelo perfil de vinificação adoptado não se torna tão evidente. Um vinho que se mostra rico e complexo, isto porque, apesar de ser um vinho que flui no copo e se apresenta tão fácil de beber, por outro lado é enigmático, com bastante complexidade e por vezes difícil de decifrar.

 

Castas: Garnacha

 

Região: Madrid

 

Teor Alcoólico: 14,5% Vol

 

Preço: +/- 15€

 

 

 

 

 

Please reload

DICAS DE VINHOS BOA COMPRA!

#1 

Muxagat Os Xistos Altos Rabigato 2014

Douro (Branco)

 

#2

Primus 2015

Dão (Branco)

 

#3

Quinta da Pellada Estágio Prolongado 2011

Dão (Tinto)

#4

Dão A Centenária 2015

Dão (Tinto)

#5

Luís Pato Vinhas Velhas 2017

Beira Atlântico (Branco)

#6

Em Cru 2017

Dão (Branco)

#7

António Madeira Colheita 2016

Dão (Tinto)

#8

Argau Cuvée Bruto

Beira Atlântico (Espumante)

#9

Quinta da Serradinha Encruzado e Arinto 2016

Encostas d'Aire / Lisboa (Branco)

#10

Conciso 2014

Dão (Branco)

Actualizado em Junho de 2019

ARTIGOS RECENTES

Também vais gostar

04.11.2019

31.10.2019

Please reload

Please reload

© 2016-2019 Táscuela

 

Leiria, Portugal - tascuela@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle